top of page

Quer aprimorar seus conhecimentos na fotografia analógica?

Mergulhe na magia da fotografia analógica neste curso de introdutório, onde abordaremos o uso do laboratório químico com o processamento de suas fotos preto e branco. Desde a captura da imagem até a revelação do filme e a ampliação das fotos, você aprenderá os fundamentos técnicos básicos.

 

No laboratório do Cidade Invertida, você experimentará o processo completo, da saída fotográfica guiada para captura das imagens, seguindo do processo de revelação química até a ampliação manual das suas próprias fotografias.

Introdução ao laboratório P&B

b8ff96aa-a03f-4a6b-a6d6-4ae6867452c7.JPG
IMG_0428.JPG

carga horária: 7 horas

quando:  Dias 20 e 22 de Julho de 2024

que horas: sábado de 9h30 às 13h e segunda de 19h às 22h30.

faixa etária: a partir de 16 anos
onde: Rua Purpurina, 315 – Vila Madalena
para quem: interessados em geral que buscam aprimorar seus conhecimentos na área da fotografia analógica P&B.

pré-requisito: possuir noções básicas do manuseio de camera analógica 35mm.


investimento:  R$700 à vista ou 2x R$385 ou 3x de R$257

(todo material/equipamento necessário está incluso no valor)

Vagas limitadas!

 

mais informações: (11) 91716-2828 ou cidadeinvertida@gmail.com

Ricardo Hantzschel é mestre em Artes Visuais pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e Pós-graduado em Fotografia e Mídia, pelo Centro de Comunicação e Artes do Senac (2000), fez sua graduação em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-­SP. Foi docente do Bacharelado em Fotografia do Centro Acadêmico Senac ministrando disciplinas na Graduação e Pós-Graduação entre 2000 e 2015. Com sua produção autoral em fotografia teve, entre outras, duas conquistas nacionais: o Prêmio Funarte Marc Ferrez (2014) e o Prêmio Porto Seguro de Fotografia, (2003).

Idealizou e coordena a ação cultural em linguagem visual Cidade Invertida entidade sediada em São Paulo, mas com forte caráter itinerante desde 2006, com atuação em entidades da periferia, faculdades, museus e eventos fotográficos. O projeto foi premiado em 2019 pelo primeiro edital de criação e exposição fotográficas da Secretaria Municipal de Cultura/SP; reconhecido em 2010 através do Prêmio Comgás de patrocínio Sócio Cultural; reconhecido com o mérito cultural em 2008 pela Secretaria da Cultura do Estado/SP e em 2007 pela Secretaria Municipal de Cultura/SP

bottom of page