Pinhole

 

Com uma agulha bem fina fure com cuidado o alumínio, girando a agulha delicadamente para eliminar as rebarbas. Na parte de fora, em frente ao furo, faça o “obturador”com um papel preto que cubra o furo e tenha uma articulação (um vinco) para poder abrir e fechar como uma janela. O dispositivo tem a função de controlar a entrada de luz no interior da câmera e deve se manter aberto ou fechado sem precisar do auxílio das mãos (prenda com clips). A câmera esta pronta!

 

Não há visor numa câmera pinhole. Assim é preciso estimar o enquadramento, isto é, o alcance visual da câmera ou o quanto ela consegue enxergar da cena fotografada. Para se orientar vale o seguinte raciocínio: quanto menor a distância entre o furo e o

Construindo uma câmera de orifício...

Escolha uma lata ou caixa de material resistente, com tampa e bem vedada a entrada de luz. Pinte ou encape seu interior de preto. Faça uma abertura de cerca de 0.5 cm de diâmetro com um estilete ou prego grosso em um dos lados. Este furo deve ser coberto com papel alumínio, preso com fita crepe ou isolante para não deixar entrar luz.

material sensível, maior o ângulo de visão da câmera, isto é, mais “coisas” ela vai incluir em seu enquadramento. Da mesma forma, quanto mais distante o furo estiver do material sensível, menor o ângulo de visão e a imagem captada será comparativamente aumentada, como se utilizassemos uma lente zoom.
 

Utilizando a câmera artesanal...

A câmera pinhole (buraco de alfinete em inglês) tem um furo muito pequeno. Para registrar imagens com ela, usamos principalmente a luz brilhante do sol. O tempo de exposição, ou seja, quanto tempo deixamos a luz entrar na câmera, é determinado principalmente em função das condições climaticas (céu aberto, nublado, etc), que afetam a intensidade da luz, e do tamanho do furo.

 

No escuro, coloque o papel fotográfico no interior da câmera, prendendo-o na parede contraria ao furo. O pequeno orifício e a baixa sensibilidade à luz do papel fotográfico, obrigam o usuário a deixar a câmera aberta por diversos segundos, o que inviabiliza segurar a câmera na mão, pois se esta se mover a imagem ficará tremida (sem nitidez). Para evitar isso o aparato deve ser apoiado em alguma superfície e ficar imóvel durante a captação da foto.

Abra com cuidado a portinhola de papel preto e exponha o orifício a luz, contando o tempo e voltando a fecha-lo quando terminar. Se não tiver relógio, conte “jacarés” ou qualquer palavra de três sílabas que equivalem a um segundo.

 

Importante: retire o papel da câmera para revelar somente dentro de um quarto escuro.

cidadeinvertida@gmail.com       (11) 3031-0092       Rua Purpurina, 315 - São Paulo, SP 

  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle