palestras e workshops

maio

Dirceu Maués

Paisagens de luz e prata

Palestra gratuita*: 18 de maio [quinta feira] das 19h30 às 21h                  
                 
Workshop: 19 de maio [sexta feira] das 19h as 22h e 

               20 de maio [sábado] das 9h30 às 12h30
Investimento: R$ 300

O workshop pretende abordar as possibilidades de expressão e a criatividade no encontro das linguagens da fotografia, desenho e pintura, partindo das experimentações com o desenho e a pintura química sobre material fotossensível (quimigrama)

Mestre em Artes pela Universidade de Brasília e artista residente em Berlin/Alemanha e Haia/Holanda, foi vencedor de dois prêmios da Funarte e do Prêmio Brasil de Fotografia (2016) com um ensaio realizado em quimigrama. 

inscrições encerradas

junho

Eustáquio Neves

Estratégias de criação

Palestra gratuita*: 22 de junho [quinta feira] das 19h30 às 21h                  
                 
Workshop: 23 de junho [sexta feira] das 19h as 22h e 

                24 de junho [sábado] das 9h30 às 12h30 e das 14h às 17h

O que levar:  portfólio com o mínimo de 5 e o máximo de 12 fotos, preferencialmente impressas.

Investimento: R$ 400

O workshop revisará a obra e a trajetória do fotógrafo, seus meios e estratégias para produção e inserção no mercado, seguido de leituras de portfólio e discussão individual de cada projeto apresentado pelos participantes. 

Fotógrafo e videoartista, já expôs seu trabalho em cinco continentes: África, Ásia, Europa, Americas do norte e do Sul. Pesquisa e desenvolve técnicas alternativas e multidisciplinares, manipulando negativos e cópias e também pesquisa as mídias eletrônicas incluindo a seqüência e o movimento. Seu trabalho tem sido amplamente divulgado em várias mostras e recebido prêmios e a consagração do público e da crítica. 

julho

Miguel Chikaoka

Fototaxia - em busca do elo perdido

Palestra gratuita*: 20 de julho [quinta feira] das 19h30 às 21h      

      
Na palestra, o fotógrafo e educador Miguel Chikaoka trata do processo de construção de percursos educativos pautados em abordagens do que constitui a gênese do mundo das imagens. Uma pequena cartografia dos atravessamentos que se produziram a partir das suas incursões no universo da luz enquanto matriz física e inspiradora de seus experimentos.
                 
Workshop: 21 de julho [sexta feira] das 19h as 22h e

               22 de julho [sábado] das 9h30 às 12h30 e das 14h às 17h

Investimento: R$ 350

A proposta deste workshop é propiciar aos participantes uma vivência permeada por práticas e reflexões articuladas com base na abordagem de conhecimentos que constituem a gênese do processo fotográfico.

A singularidade com que é conduzida essa abordagem representa uma imersão no universo da luz enquanto matriz inspiradora, tanto para a construção de percursos educativos quanto para processos criativos.  

Seus trabalhos transitam entre imagens, instalações e objetos de caráter conceitual que nascem da releitura cíclica do seu processo criativo, voltado à experimentação, pesquisa, reflexão e difusão do fazer fotográfico e seus desdobramentos. Sua prática educativa é pautada nas múltiplas possibilidades de leitura da luz. Em 2012, recebeu o Prêmio Brasil de Fotografia e a Comenda da Ordem do Mérito Cultural – MinC por sua contribuição à cultura brasileira. 

Brincando com a luz

agosto

Rubens Matuck

Fotografia e aquarela

Palestra gratuita*: 24 de agosto [quinta feira] das 19h30 às 21h      
                 
Workshop: 25 de agosto [sexta feira] das 19h as 22h e 

               26 de agosto [sábado] das 9h30 às 12h30 e das 14h às 17h

O que levar: fotos, tintas e pincéis

Investimento: R$ 350

O Workshop resgata uma possibilidade estética e técnica do início da fotografia, quando a aquarela era utilizada para colorizar as cópias em preto e branco e os pigmentos eram incorporados nos processos históricos para colorir albuminas em papel ou em chapas de vidro. 

A prática irá utilizar as imagens trazidas pelos participantes como base para as interferência manuais com pigmento sobre elas, tendo como meta compreender as particularidades do papel, das emulsões, da cor, as diferenças de sua leitura na luz e no papel, transparências e processos diversos de interferência.

Artista plástico com 40 anos de carreira, tem diversas publicações e exposições realizadas nacionais e internacionalmente, sendo a mais recente, uma retrospectiva de sua produção no SESC Interlagos. Desenvolveu a pintura com Aldemir Martins, Otavio Araujo e Jorge Mori. A aquarela foi uma descoberta feita no ateliê de Sansom Flexor na década de 1970. 

inscrições encerradas

setembro

Cris Bierrenbach

Técnica artesanal

mordançage

Palestra gratuita*: 21 de setembro [quinta feira] das 19h30 às 21h      
                 
Workshop: 27 de outubro [sexta feira] das 19h as 22h e 

               28 de outubro [sábado] das 9h30 às 12h30 e das 14h às 17h

Pré-requisito: conhecimento básico de laboratório P&B

O que levar: negativos P&B

Investimento: R$ 350

Mordançage é um processo de pós produção analógico sobre fotografias impressas, criado no final do século XIX e também conhecido como relevo inverso (reverse relief). O termo “mordançage” foi cunhado pelo francês Jean-Pierre Sudre, que transformou o processo numa forma de arte, subvertendo sua função original na positivação de filmes negativos, para a aplicação e intervenção em papéis fotográficos.
O curso trará a produção contemporânea da técnica e a prática em laboratório preto e branco para a ampliação das cópias pelos participantes e sua posterior intervenção química e manual. 

inscrições encerradas

desenvolve seu trabalho artístico em vídeo, performance, instalação e pesquisa sobre técnicas de impressão fotográfica do século XIX, com ênfase na produção de daguerreótipos. Recebeu diversos prêmios, entre eles o Porto Seguro de Fotografia, Marc Ferrez de Fotografia e Arte Contemporânea da Funarte. Teve seus trabalhos exibidos internacionalmente em mais de 20 países e possui obras nas coleções do MASP, MAM-SP, MAC-SP e Maison Européenne de la Photographie.

outubro

Rosely Nakagawa

O que pensa um curador?

inscrições encerradas

Palestra gratuita*: 19 de outubro [quinta feira] das 19h30 às 21h - com participação de Fernando Lemos   
                 
Workshop:  20 de outubro [sexta feira] das 19h as 22h e 

                 21 de outubro [sábado] das 9h30 às 12h30 e das 13h30 às 17h

Investimento: R$ 300

O Workshop tratará da relação entre curador e artista, desde o conceito e a apresentação do trabalho, até a edição das imagens e a finalização da mostra. Os exemplos utilizados serão casos concretos de publicações impressas e exposições realizadas, com recortes curatoriais específicos para cada caso. 

É graduada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, com especialização em Museologia (USP) e Comunicação e Semiótica (PUC/USP). É curadora e editora de fotografia; atuou em instituições culturais como Galeria Fotoptica, Casa da Fotografia Fuji e Galerias FNAC Bresil. 
Em anos recentes, fez a curadoria da mostra Tudo é Semente de Rubens Matuck no SESC INTERLAGOS, realizou a mostra Retrato Popular no Sesc Belenzinho SP, e a exposição “Os dias lindos” Fotografias Carlos Moreira, no espaço Cultural Armazém 11 Santos SP no qual é responsável pela gestão cultural.

Nascido em Portugal,  mas brasileiro por opção, FERNANDO LEMOS é pintor, designer, poeta e fotógrafo. Com 92 anos realizou exposições individuais em São Paulo, Paris, Barcelona, Hamburgo, Moscou, Lisboa, entre  outras cidades. Tem uma dezena de livros publicados e vários prêmios, o mais recente concedido pela Academia Paulista dos Críticos de Artes pelo conjunto de sua obra.

*Sujeito à lotação do espaço

cidadeinvertida@gmail.com       (11) 3031-0092       Rua Purpurina, 315 - São Paulo, SP 

  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle